O investimento no setor de Saúde no Brasil representa 9,3% do produto interno bruto (PIB) do país e apresenta desafios como gestão do tempo de espera, atendimento, experiência do pacientes, administração financeira, sustentabilidade do sistema, pouca digitalização e integração de dados. Diante deste cenário, as soluções das healthtechs, startups focadas em Saúde,  ajudam a resolver questões em diferentes partes do sistema que vão desde prontuários eletrônicos, treinamento para telemedicina até análise de gastos e desperdícios. Atualmente, o país conta com 449 startups neste segmento e, segundo um estudo da Liga Insights, realizado em parceria com iDEXO, este é um dos setores com maior índice de confiança em superar a crise, atingindo a média de 8,3. 

“Mesmo com um mercado muito tradicional, a tecnologia na Saúde nos dá o espaço necessário para evoluir. Com eficiência e segurança podemos gerar mais autonomia e poder de decisão para que os pacientes tenham melhores experiências”, explica a porta-voz da MEMED, Vanessa Liebl,  que participou com a gente de um evento na TOTVS sobre o papel das startups no setor. 

Saúde é o tema foco da semana nas nossas redes e ações e, por isso, dividimos aqui dados e contamos um pouco mais sobre as 11 startups de saúde que integram nossa comunidade. 

GESTÃO DA SAÚDE

O segmento gera uma despesa anual de R$ 637 bilhões entre setores público e privado, cada centavo é importante para o desenvolvimento da área que atua em serviços essenciais para a população. Por isso, a Medicinae, startup recém-chegada na comunidade iDEXO, ajuda a resolver um problema recorrente em clínicas e hospitais, o recebimento de valores devidos por planos de saúdes e operadores. Na plataforma, é possível cadastrar o fluxo de caixa e receber valores em 24h, evitando a usual longa espera, que pode durar meses. Esse processo é possível pois a solução consegue avaliar o histórico da empresa e a chance de glosa, permitindo assim antecipar os recebimentos. 

Indo além do fluxo de caixa e chegando em como os hospitais lidam com o ciclo da receita, na mesma linha de gestão, a Avatar oferece  gerenciamento de processos e recursos médicos, potencializando o desempenho de hospitais. Com a solução da Avatar, a instituição de saúde consegue padronizar os itens que devem compor a conta de acordo com o código internacional da doença (CID), procedimento, pacote, convênio ou técnica do prestador – assim o sistema passa a comparar com a produção, exibindo rapidamente os itens que estão fora da curva.

PACIENTE

E como fica o paciente neste cenário? A longevidade é um tema central. No Brasil, de acordo com o IBGE, a expectativa de vida quase duplicou em menos de um século, atingido a marca média de 76,5 anos. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, as decisões serão cada vez mais pautadas na experiência do paciente. Se ele não for colocado no centro, a tecnologia não avança e nem cumpre seu papel. 

Por aqui, temos soluções bem focadas em melhorar a experiência do paciente.  Com a MEMED, os médicos podem prescrever medicamentos/tratamentos e promover a adesão do paciente por meio da prescrição digital. Ao todo, são mais de 60 mil medicamentos cadastrados e a integração da plataforma com farmácias, permite a pesquisa de valores e encaminhamento da compra, dando mais comodidade ao paciente. Hoje a solução é integrada a dois produtos de gestão TOTVS na área médica, o Eleve Saúde para consultórios e pequenas clínicas e o TOTVS Saúde Hospitais e Clínicas – Linha RM para clínicas maiores e hospitais. 

Já a Laura usa recursos de inteligência artificial para analisar o quadro do paciente internado de maneira preditiva, antecipando em até 12 horas o alerta do estado de saúde. Com isso, pacientes em trajetória de risco são identificados de maneira antecipada, dando ao time assistencial mais tempo para iniciar a gestão do cuidado. Mais de 8 milhões de atendimentos foram realizados com a plataforma. 

A Psicologia Viva é uma plataforma de telepsicologia que permite o paciente acessar um profissional do ramo a qualquer hora com segurança e sigilo. Os planos podem ser feitos por empresas e têm parceria com convênios. 

MÉDICOS | HOSPITAIS | CLÍNICAS

Com a autorização do uso da telemedicina no Brasil, em março deste ano,  médicos, clínicas e hospitais tiveram que se adaptar  a uma nova forma de atender à distância. A Netshow.Me, plataforma de distribuição de conteúdo online (OTT), ajuda instituições do setor a disponibilizarem treinamentos aos profissionais de saúde ensinando formas de fazerem teleatendimento, informando a atualização de protocolos médicos e até mesmo na educação contínua.

A  Mindify automatiza protocolos clínicos, tria e acompanha o paciente desde a residência até a atenção hospitalar intensiva em casos de COVID-19. A solução, já adotada pela federação das unidades das UNIMEDs de São Paulo, ajuda na triagem de pacientes com suspeita da doença pelo aplicativo do plano de saúde. 

Quando o tema é cirurgia, a Anestech apura a inteligência contida nos dados perioperatórios com foco em aumentar a segurança dos pacientes cirúrgicos, melhorar a gestão de recursos e promover mais proteção de hospitais, médicos e pacientes.  Um ponto colocado pelo CEO da Anestech, Diógenes Silva, em nosso evento sobre inovação na Saúde , é que a pandemia forçou o segmento a crescer, mas a cultura de transformação não acelera junto, mas ele entende que,  após a crise, com os aprendizados ajudarão no desenvolvimento. 

Conheça outras startups da nossa comunidade que atuam neste segmento. 

CLEVERCARE | Com inteligência artificial, o software da CleverCare fornece aos hospitais e clínicas uma gestão remota, orientação e cuidado personalizado dos pacientes. Utilizando os principais aplicativos mensageiros, garante um atendimento próximo e escalável.

SÍNTESE B2B | Controla o fluxo de compra e uso desses materiais de alto custo e integra na mesma ferramenta todos os atores da cadeia: setor de marcação de cirurgia, médico, farmácia, comprador, fornecedor, plano de saúde (que autoriza o procedimento), enfermeira chefe do bloco, setor financeiro do hospital. Além de, gerar relatórios gerenciais permitem analisar os custos por tipo de procedimento, material, médico, dentre outros.

 

Quer conhecer mais nossas startups? Acesse

Quer inscrever a sua startup para a nossa comunidade? Acesse

Para entrar em contato conosco e com as startups de nossa comunidade : info@idexo.com.br

 

Assine a nossa newsletter!